Archive for the Denúncia Category

Denúncia – Abuso de autoridade & Ditadura disfarçada

Posted in Denúncia on maio 5, 2008 by Xirtam

O major PM Marden Oliveira, comandante da 1ªCia/5ºBPM, abusou no dia 04 de maio de 2008 de sua autoridade, manifestantes pacíficos estavam dando iniciativa a marcha da maconha, estes se reuniram na ponte metálica, onde caminhariam pela praia de iracema, os manifestantes desinformados sobre a liminar do ministério público que foi acatada pela juíza titular da 1ª Vara de Delitos de Tóxicos, Lígia Andrade de Alencar Magalhães. na última hora, sem nenhuma forma de aviso significativa os manifestantes foram abordados pelo major Marden Oliveira, ele informou aos jovens de forma grosseira, sobre a proibição da marcha, tomou os cartazes de vários dos manifestantes, não havia em nenhum dos cartazes algum conteúdo que incentivava ao uso, os cartazes eram sobre a legalização, o major não se deu ao trabalho de ler a liminar acatada pela juíza, depois da abordagem, o proprio tomou os cartazes e jogou-os no mar,(mesmo havendo uma lixeira bem próxima do mesmo) os jovens resolveram mudar o nome da manifestação para a passeata da liberdade de expressão, se concentraram no centro dragão do mar, onde sairiam de lá para a praia de iracema,  no percurso do dragão do mar até a praia, foram abordados com muita brutalidade pelo major e mais dois policiais que o acompanhavam no carro, fomos revistados com a típica brutalidade policial, objetos pessoais como caixinhas de escovas de dentes, celulares e etc, retirados pelos PMs, foram colocados ao chão da calçada. uma jovem que segurava um cartaz escrito “liberdade de expressão” teve seu cartaz amassado e jogado no chão com uma “mãozada” do major, após isto, ele a empurrou, o abuso só parou quando a mídia chegou (que provavelmente ligou para os PMs para conseguir a matéria), quando as filmadoras chegaram na cena da repressão, o major mudou rapidamente seu comportamento, parecia que o mesmo havia virado outra pessoa, com as câmeras filmando, tudo fica diferente, ele pegou a liminar acatada pela juiza para ler, lembrando que ele não havia feito isso antes da manifestação, chegaram mais algumas viaturas e logo depois um ônibus da PM que encaminhou os jovens manifestantes para o plantão do 2º DP (Aldeota), lá o processo foi demorado, os câmeras estavam “loucos” para conseguir matéria, por um “acaso” os jovens foram liberados da delegacia um pouco depois que a mídia chegou, a mídia com sua falta de ética tentava pegar o rosto dos jovens, afirmou em seu noticiário: “eles poderão ser processados por apologia ao crime e desobediência judicial”. Mas, que desobedência judicial é esta que só é informada após a detenção? a marcha da liberdade de expressão não foi proibida por essa liminar, que apologia e essa? jovens pedindo a legalização de uma droga é apologia? então, se o homossexualismo fosse proibido e se os homossexuais e simpatizantes se manifestassem seria apologia ao homossexualismo? é importante uma conscientização das pessoas, parece que ainda vivemos em uma ditadura, porém disfarçada, onde não podemos ir as ruas para manifestarmos nossas idéias, lutar pela liberdade é apologia? juiza Lígia Andrade de Alencar Magalhães, a ditadura já passou, estamos em 2008, ao major: “Eu ouví dizer que em uma mulher não se bate nem com uma flor!, loira ou morena, não importa a cor, não se bate nem com uma flor!”

 

Anúncios